30 de dezembro de 2012

Retrospectiva 2012: Livros

Como os últimos dias do ano tão cheios de compromissos e festas, chegou a hora de ser nostálgica e começar as retrospectivas. A quantidade de livros lidos esse ano foi: 71
Todo ano eu coloco a meta (aparentemente louca e impossível) de 100 livros, há três anos que venho falhando e esse ano foi uma vergonha em relação aos outros, só consegui atingir esse número devido aos livros que li pela faculdade (as inúmeras coletâneas de poema de Manuel Bandeira e Carlos Drummond de Andrade). Infelizmente, nenhum deles entraram no meu top 10. Os escolhidos foram, em ordem cronológica, não de preferência:
  1. Jogos Vorazes (a trilogia), Suzanne Collins
  2. Educanting Caroline, Patricia Cabot
  3. Das Páginas Para a Tela
  4. Sons of Destiny, Darren Shan
  5. O Hobbit, J. R. R. Tolkien
  6. Jane Eyre, Charlotte Brontë
  7. Razão e Sensibilidade, Jane Austen
  8. Oliver Twist, Charles Dickens
  9. Tão Ontem, Scott Westerfeld
  10. Unsaid Things, Our Story, McFly


Eu fiquei totalmente viciada em Jogos Vorazes > Peeta > Josh Hutcherson e aposto que o vício voltará com o lançamento do filme Em Chamas. Fan girlings a parte, o livro é sensacional. Eu simplesmente amo distopia e distopia + love story = heart melts


Meg Cabot não podia não estar na lista, embora tenha sido o único livro que li dela no ano, felizmente, não foi um ‘mais ou menos’. Seus livros como Patricia Cabot são sensacionais e esse não é uma exceção, embora não tenha sido o melhor, na minha opinião.

Das páginas Para a Tela é uma versão mais completa de A Magia do Cinema que, mesmo sem as réplicas de alguns objetos, é recheado de fotos inéditas e detalha muitos dos processos técnicos. É simplesmente lindo! LINDO!
Sons of Destiny é de longe o melhor livro da saga Darren Shan, mas é o que completa um ciclo de longa data. Lembro que comecei a ler essa série na sexta, sétima série porque tinha os seis primeiros volumes da biblioteca. Como não tinha mais traduzido, tive que esperar lançar e, principalmente, dinheiro pra comprar. Comprei três, mas aí tava ficando caro então baixei o santo ebook em inglês e finalmente terminei! Em poucas palavras, é uma saga de vampiro que vale a pena.
Tô feliz por ter lido alguns dos clássicos esse ano e mais feliz ainda por ter gostado de alguns o suficiente pra adicionar no TOP 10. Razão e Sensibilidade, Jane Eyre e Oliver Twist são excelentes livros e não consigo me decidir qual deles é melhor! Felizmente, não preciso!
Tão Ontem é muito amor ♥  e meu livro tá autografado. Não postarei a foto porque tá no post da Justine e Scott ♥ 
Unsaid Things, our Story foi o estopim pro meu amor por McFly (re)nascer! Tanta coisa que não sabia da banda e agora consigo ter noção da personalidade de cada um, o que me fez ter um amor maior pelo Tom e ter um certo desprezo pelo Harry, preferências que eram opostas anteriormente. O livro é bem sincero e é humano, simples assim, mostra que fama não é tudo.


Espero que 2013 me traga excelentes leituras como em 2013, mas em maior quantidade.

That’s all xx

Nenhum comentário:

Postar um comentário