16 de setembro de 2012

Filmes que me fizeram chorar #1

Preciso, preciso começar com Harry Potter e as Relíquias da Morte parte 2.
Assisti em Worthing no dia da estreia e eu.chorei.o.filme.inteiro. Sério! Tenho dó do Matheus que teve que me consolar durante 2h30 non-stop. É impressionante como eu chorei no começo do filme que na verdade era os cinco minutos finais da Parte 1, com Dobby e toda sua fofura. O resto, bom, impossível não chorar, né? Você cresce com uma série, com personagens, com uma história e ela chega num fim. 

Dobby...

Toy Story 3

Esse é outro filme que você cresce junto, joga o jogo pra Super Nintendo de colocar os brinquedos na caixa, abrir a caixa pros soldadinhos saírem e depois ir pra cama pra esperar o Andy. 


Você faz isso na sua infância inteira, assisti o Toy Story 2 de boas e aí vem o Toy Story 3. MEU.DEUS. O Andy cresceu, assim como você; não liga mais pros brinquedos, como você; vai pra faculdade, como você; e doa os brinquedos fazendo um discurso lindo de como eles foram seus melhores amigos, COISA QUE VOCÊ NÃO FEZ!!! Depois de chorar tanto no final do filme, seu irmão completa a fossa com:

E os seus brinquedos? Onde estão?

Tenho muito orgulho em dizer que vesti todas as minhas Barbies depois disso. Agora elas estão juntas e com seus melhores vestidos.


A Lista de Schindler

A história é pesada, afinal relatar sobre Campo de Concentração Nazista é, se não for "A Vida é Bela", emocionante no sentido "vai fazer todo mundo chorar". Mas "A Lista de Schindler" superou todas as minhas expectativas. Eu sabia que ia chorar, chorona do jeito que sou, mas não morrer afogada com minhas próprias lágrimas como fiz nesse filme. O 'quê' preto e branco deixa tudo mais tenso, aí o vestido vermelho da menina chama a atenção por razões óbvias e aí onde você vê a menina?


Cara...
Mas o que mais me fez chorar foi o final, que graças ao IMDB vou poder colocar aqui:
Oskar Schindler: I could have got more out. I could have got more. I don't know. If I'd just... I could have got more. 

Itzhak Stern: Oskar, there are eleven hundred people who are alive because of you. Look at them. 

Oskar Schindler: If I'd made more money... I threw away so much money. You have no idea. If I'd just... 

Itzhak Stern: There will be generations because of what you did. 

Oskar Schindler: I didn't do enough! 

Itzhak Stern: You did so much. [Schindler looks at his car
Oskar Schindler: This car. Goeth would have bought this car. Why did I keep the car? Ten people right there. Ten people. Ten more people.[removing Nazi pin from lapel

Oskar Schindler: This pin. Two people. This is gold. Two more people. He would have given me two for it, at least one. One more person. A person, Stern. For this. 
[sobbing

Oskar Schindler: I could have gotten one more person... and I didn't! And I... I didn't! 
Vou chorar de novo.

Hotaru no Haka

Toda vez que esse filme vira assunto na letras com o Pedro me pergunto porque ainda converso com ele, mas agora vou ignorar toda a falta de sensibilidade do colírio Capricho. Ter a caixinha de balas da Setsuko me faz lembrar do filme e de querer assistir de novo, mas sabe como é, tem dias que você não quer chorar.


Sinceramente, o filme tem tudo que me faz chorar: criança, contexto de segunda guerra mundial, é animação e tem morte. Considero todos que não choram nesse filme sem coração (vide meu irmão).

Dançando no Escuro

Escolhi esse pra terminar o post porque foi o último filme que consigo me lembrar que vi e chorei. Eu já esperava chorar porque sabia a história e em algum passado muito distante vi o final enquanto meu irmão assistia (fato que não me deixou menos chocada ao vez o filme na íntegra). Esse filme me fez chorar em duas horas, na música "I've seen it all" que, embora queira colocar o link da cena aqui, não tenho coragem de procurar e chorar de novo; e, claro, o final. O final, manolo. Eu sabia o que ia acontecer, mas não pensei que iam mostrar. TIPO, A CENA FATÍDICA. Eu parecia uma criança chorando que de repente se assusta e para de chorar. 
Aí eu apareço no quarto do meu irmão, ainda chorando, e pergunto: "como esse filme não ganhou o Oscar de melhor filme?" e ele diz, friamente: "porque a Bjork não sabe cantar, é toda desafinada". Ok, é verdade, MAS E A HISTÓRIA? Poxa, nem nomeado foi. Pelo menos ganhou Palma de Ouro e como meu irmão também coleciona os ganhadores desse prêmio, tinha em casa e pude assistir. 
(Não tem foto do filme porque não tenho coragem de colocar no google images, ainda tá muito recente pra mim)

Não vai demorar pra ter o #2, como disse em outro post aí, a lista é muito grande.
That's all x

Nenhum comentário:

Postar um comentário